O Google Fuchsia permanece um grande mistério, mas finalmente a empresa esta começando a expor suas ideias sobre o sistema operacional da próxima geração, como qual é o seu propósito.

O que sabemos atualmente sobre o Fuchsia é que é um projeto de código aberto, semelhante ao AOSP, mas pode ser executado em todos os tipos de dispositivos, desde computadores e celulares a dispositivos domésticos inteligentes. Ele também é conhecido por ser construído em um novo kernel criado pelo Google chamado "Zircon", e não no kernel do Linux que forma a base do Android e do Chrome OS.

Além disso, acredita-se que o Google Home Hub(agora chamado de Nest Hub) seja um dos dispositivos de teste para o Fuchsia.

Na conferência de desenvolvedores Google I/O na semana passada, o chefe do Android e do Chrome, Hiroshi Lockheimer, em entrevista, revelou que o Fuchsia não pretende ser um "novo android", ou novo sistema operacional do Google Chrome.

“Não são apenas celulares e computadores. No mundo da Internet, há um número crescente de dispositivos que exigem sistemas operacionais e novos tempos de execução e assim por diante. Acho que há muito espaço para vários sistemas operacionais com diferentes pontos fortes e especializações. Fuchsia é uma dessas coisas e, por isso, fique ligado.”